Igrejas grandes e uma Convenção mais forte

Palavra do Diretor Executivo da COBAPA dada à 82ª Assembleia em Salinópolis. Encontra-se no Livro de Mensageiro 2019 nas páginas 45 e 46. Nesta palavra o Diretor da Cobapa fomenta o fato de que somos um só povo Batista e devemos conviver em unidade. Além disso, o Diretor compartilha sua percepção em relação ao Conselho priorizando a Palavra de Deus antes de aspectos técnicos; exemplifica o tipo de líder que devemos seguir; menciona a gratidão como aspecto de liderança cristã e por fim elenca as razões para se realizar as Assembleias. Leia a seguir:

“Assim como sentimos profundo regozijo diante de Deus pelo que foi possível realizar, sentimos o peso da responsabilidade por tantos desafios que ainda temos que superar e tantas oportunidades para aproveitar, para que o sonho, de ganhar o Pará para Cristo, possa continuar”. (RGF).

Temos a mesma fé em Jesus Cristo, o mesmo compromisso como cidadãos do Reino de Deus, e o mesmo dever de viver e pregar o Evangelho a toda criatura para a salvação dos que creem. A COBAPA é a parceira número um das igrejas e sua liderança defende a paz e a união, bem como, sonha com igrejas grandes em nosso Estado e uma Convenção mais forte no Pará.

1. A Palavra de Deus na Gestão da COBAPA. A liderança da Convenção Batista do Pará, incluindo toda a Equipe Executiva, têm sido muito cuidadosa na aplicação dos princípios da Palavra de Deus no gerenciamento diário. “Olhamos primeiro para os fundamentos bíblicos da gestão e depois para as técnicas de liderança e administração” (RGF). Podemos exemplificar com o texto a seguir: “O coração do ser humano pode fazer planos, mas a resposta certa vem dos lábios do Senhor. Todos os caminhos de uma pessoa são puros aos seus próprios olhos, mas o Senhor sonda o espírito. Entrega as suas obras ao Senhor e o que você tem planejado se realizará”. Neste texto temos três ferramentas de gestão: 1) Planejamento. Líderes seguem um planejamento, fruto de uma visão, e sabem aonde querem chegar. Não tem como pensar em gestão sem um planejamento; 2) Execução. Na fase de execução, líderes seguem um plano de ação, fruto de expertise em como gerenciar melhor cada ação. Um bom planeamento gera um bom plano de ação que deve ser executado sem erros; 3) Resultados. Líderes realizam a obra do Senhor no mundo, visando bons resultados para a glória de Deus: ganhar almas, salvar vidas, eficiência organizacional, crescimento das igrejas, alcançar os objetivos e bater metas. Aplicando a Bíblia a liderança Convencional, busca eficiência e a glória de Deus, como ensina a Bíblia. “Portanto, se vocês comem, ou bebem ou fazem qualquer outra cosia, façam tudo para a glória de Deus” (1ª. Co.10.31).

2. Os exemplos de líderes que devemos seguir. Jeremias foi um grande profeta e um grande líder bíblico. Um líder como um de nós de carne e osso. Líder que pagou o preço da liderança segundo a vontade de Deus. Homem leal e obediente. Nunca escondeu as suas dores nem deixou de expressar a sua confiança em Deus. “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não te fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto, esperarei nele” (Lm. 3.22-24). Um olhar de líder neste contexto, conclui que o profeta Jeremias é um exemplo de líder que devemos seguir. Os versos supra são importantíssimos a todos os líderes que lutam hoje para transpor obstáculos, vencer os desafios e atingir os seus alvos. “Um texto constante em nossos lábios, frequentador das nossas mentes, recorrente em nossos corações, confortador das nossas almas, inspirador do nosso caráter, iluminador do nosso estilo de liderança e impulsionador das melhores atitudes”. (RGF). Os líderes que devemos seguir, portanto, são aqueles que cumprem mandatos divinamente instruídos, que confiam abertamente em Deus, que interagem com base na misericórdia e na justiça de Deus.

3. Gratidão pelos 90 anos da COBAPA. Faz parte do nosso dever cristão render graças a Deus pelo aniversario da nossa Convenção. As comemorações foram propostas pelo Conselho em duas oportunidades: no dia 17/08/2019, na Capela da FATEBE, um grande culto em Ação de Graças, com a presença de representantes da Convenção Batista Brasileira junto com o povo batista do Pará, que se reuniu para louvar a Deus pela historia e trabalho da COBAPA. E no dia 16/11/2019, na penúltima noite desta Assembleia, no sábado à noite, quando haverá um culto solene a Deus. A Convenção Batista do Pará  tem sido muito importante para o avanço missionário, bem como, para formação de lideranças por todo o Estado. Foi organizada há quase um século, e, no decorrer dos anos, tornou-se a agência missionária do povo batista do Pará. Sempre desenvolveu as suas atividades em parceria com organizações e igrejas, definindo-se como apoiadora das igrejas. A COBAPA passa por um tempo de reorganização, ajustando-se, para continuar a sua trajetória de realizações missionárias.

4. Os objetivos desta Assembleia. De acordo com o Estatuto e Regimento da Convenção, as Assembleias são bianuais para tratar dos assuntos internos da organização, tomar decisões e ajustar as suas metas de gestão e expansão missionária. Podemos resumir da seguinte forma os objetivos desta Assembleia:
a) Esta Assembleia está sendo realizada para cumprir o Estatuto e o Regimento Interno;
b) Esta Assembleia está sendo realizada para reunir o povo de Deus em celebração, edificação mútua, eleições gerais e homenagens.;
c) Esta Assembleia está sendo realizada para prestação de Contas. A COBAPA por meio de seus balanços patrimoniais e relatórios de atividades, apresenta as devidas prestações de contas aos pastores e líderes e demais representantes das igrejas. Com isso, os cristãos batistas tem um argumento saudável a respeito das finanças da Convenção e assim podem compartilhar eticamente acerca da vida financeira de sua Convenção;
d) Esta Assembleia está sendo realizada para celebrar os 90 anos da Convenção;
e) Esta Assembleia está sendo realizada para que as Organizações possam também apresentar os seus relatórios e demonstrar o seu crescimento e avanços no período;
f) Esta Assembleia está sendo realizada para apoiar os 40 anos da obra missionaria na região do salgado, tendo como, protagonista a PIB de Salinopólis.

Views All Time
Views All Time
310
Views Today
Views Today
2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.