81ª Assembleia da Cobapa em Marabá – Inscrição online


INSCRIÇÕES ABERTAS! FAÇA SUA INSCRIÇÃO AQUI.


::Fotos da 80ª Assembleia da Cobapa em Rondon

cartaz-da-81a-assembleia

 

Belém, 26 de Julho de 2017.

 

Às
IGREJAS BATISTAS DO PARÁ
ASSUNTO: CONVOCAÇÃO PARA A 81ª ASSEMBLEIA DA COBAPA

 

Prezados irmãos e irmãs,

O presidente da Convenção Batista do Pará – COBAPA, Pr. José Francinel dos Santos Silva, usando das atribuições que lhe confere o Estatuto da Convenção, de acordo com o dispositivo no Artigo 6 § 1º e Artigo 8 Inciso II, convoca as Igrejas Batistas filiadas à COBAPA, para a sua 81ª Assembleia Ordinária que será realizada no período de 2 a 5 de Novembro de 2017; com início no dia 2/11 às 19h e encerramento no dia 5/11 às 21h30, no templo da Primeira Igreja Batista de Nova Marabá (PIB 32 de Nova Marabá).

 

No amor de Cristo, despedimo-nos

Atenciosamente,

Pr. José Francinel dos Santos Silva
Presidente da Convenção Batista do Pará

 

topo-assembleia-em-maraba

 

Marabá/PA receberá a 81ª Assembleia da Cobapa

 

História

Marabá é terra de sol forte, cultura rica e povo hospitaleiro. Sua fundação aconteceu em 5 de abril de 1913.

O povoamento da bacia do Itacaiúnas tem na formação do município um papel importante, porque apesar dessa região ter sido explorada pelos portugueses ainda no século XVI, permaneceu sem ocupação definitiva durante quase 300 anos. Somente a partir de 1892 é que, de fato, o espaço foi ocupado por colonizadores.

A denominação Marabá tem origem indígena e significa filho do prisioneiro ou estrangeiro, ou ainda o filho da índia com o branco.

Criado em 27 de fevereiro de 1913 por reivindicação da comunidade marabaense, o município só foi instalado formalmente em 05 de abril do mesmo ano, data que passou a ser comemorada como seu aniversário e só recebeu o título de cidade em 27 de outubro de 1923, através da lei 2207.

Em 1929, a cidade já se encontra iluminada por uma usina à lenha e em 17 de novembro de 1935 o primeiro avião pousa no aeroporto recém inaugurado na cidade. Nesse período, a cidade era composta por 450 casas e 1500 habitantes fixos.

Com a abertura da PA-70, em 1969, Marabá é ligada à rodovia Belém-Brasília. E em 1980 a cidade é assolada pela maior enchente da sua história. Já restaurada, em 1988 dá início aos preparativos para a instalação de indústrias siderúrgicas, para produção de ferro-gusa, negócio que veio trazer grandes benefícios e expansão para o município.

A população do município aumentou significativamente e em meados de 1998 o número de habitantes fixos alcançava 157.884. Sempre nesse processo de crescimento é que no ano seguinte, a cidade, se firmou como a sede de grandes eventos de repercussão nacional: MARALUAR, EXPOAMA, FECAM e FICAM.

Atualmente a população marabaense está em torno de 199.946 habitantes, segundo dados do IBGE 2008, e o crescimento dessa estimativa e inevitável, já que a cidade está em processo de desenvolvimento acelerado e recebe muitas pessoas vindas de outras localidades.

 

Localização
Localizada no Sudeste paraense está entre o limite das cidades Itupiranga, Jacundá e Rondon do Pará ao Norte, São Geraldo do Araguaia, Curionopólis, Parauapebas e São Félix do Xingu ao Sul, Bom Jesus do Tocantins e São João do Araguaia ao Leste e Senador José Porfírio ao Oeste do estado. A distância que separa Marabá, da capital Belém é de 485 km.

:: MARABÁ É O PRIMEIRO NA LISTA DE MUNICÍPIOS DO PÓLO ARAGUAIA-TOCANTINS NO MAPA NACIONAL DE TURISMO

 

CONHEÇA AS OPÇÕES DE HOSPEDAGEM DO EVENTO (sugestão)

 

Views All Time
Views All Time
964
Views Today
Views Today
2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *