Desafio gigantesco para nós – Missões estaduais 2021

Graça, misericórdia e paz a todos os irmãos e irmãs em Cristo, do meu querido e admirável estado do Pará!

Está chegando junho, o mês de Missões Estaduais, nós nos alegramos e compartilhamos feitos, histórias, desafios e bênçãos entre nós, no desejo ardente de levar adiante a mensagem salvadora de Jesus Cristo a todos os paraenses.

É um desafio gigantesco para nós, os batistas do Pará, fazermos missões em terras repletas do verde amazônico, distribuído geograficamente em 1.248.000 km². Cumprir o IDE do Senhor Jesus Cristo é tarefa pra servos e servas lavados pelo sangue do Senhor e regenerados segundo a fé nele e comprometidos pelo grande amor de Deus. Não é tarefa fácil, por várias circunstâncias, entre tantas, destaco o aspecto quilométrico de ponta a ponta do Pará, mas a todo o tempo é possível. Foi assim no começo de nossa história, a contar de 1891 com a chegada do missionário Eurico Nelson que veio da outra américa, dos EUA, e nos ensinou fazer missões.

Nenhum batista deve ficar de fora da campanha deste ano, mesmo enfrentando a pandemia e crise financeira. Divulgar, orar, compartilhar e ofertar é ultra necessário, é dever nosso, de cada irmão, cada irmã e cada igreja. Sucessível a essa demanda é IR e/ou ENVIAR alguém que nos represente em cada destino. Há muitos pecadores perdidos, nós os amamos indistintamente e queremos que sejam salvos por Jesus. Ele é o único salvador capaz de levar uma pessoa ao céu (Jo 14: 6). O tempo urge à essa necessidade salvívica e segue nos desafiando a realizar missões.

Diz a Bíblia: E como crerão naquele de quem não ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão se não forem enviados? (Rm 10: 14 e 15). São três situações distintas que o apóstolo Paulo impressiona. A primeira é que os pecadores só crerão se ouvirem; a segunda é que só ouvirão se alguém pregar; e a terceira é que só pregarão os que forem enviados. Nas três situações todos nós estamos literalmente envolvidos com singular responsabilidade missional. Ninguém deve ficar de fora de missões. Vamos fazer Missões Estaduais!

É relevante o tema deste ano “Compartilhando Graça, Misericórdia e Paz no Pará”. A inspiração efetiva para este tema vem do que evidenciou o apóstolo João, quando observamos a divisa da campanha em II Jo 1: 3. No texto identificamos prática pura no dia-a-dia do apóstolo escritor com o público cristão.

Conclamo aos pastores, promotores, promotoras, líderes e as igrejas como um todo, no múltiplo compartilhamento, divulgação de missões e ofertas correspondentes à Campanha de Missões Estaduais 2021. Assim poderemos seguir realizando missões e mantendo projetos missionários, propagando Mais de Cristo no Pará.

Temos um mega desafio para o nosso futuro, de difundirmos o evangelho e alcançarmos a marca de 100 mil batistas celebrando o centenário da Convenção Batista do Pará – COBAPA. Lamentamos que a pandemia do covid- 19, presente no mundo, assola as nações com mortandade acelerada, gera maiúscula crise financeira e dificulta realização de planos. Nos solidarizamos com todas as famílias paraenses, pelas irreparáveis perdas de milhares de ente queridos mortos pelo vírus covid-19. Mesmo diante desse quadro, vamos, irmãos, abrir os corações, criar e buscar meios de arrecadar e ofertar recursos para Missões Estaduais 2021.

Deus abençoe todos, incentivando-os a ofertar para seguirmos fazendo missões no Pará que amamos.

Abraço a todos,

Pr. Raimundo Anselmo Lobato
Presidente da COBAPA

Views All Time
Views All Time
324
Views Today
Views Today
1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.