Feliz o cristão que acredita que missões é uma ideia divina

Feliz o cristão que acredita que missões é uma ideia divina, pois, não tem como negar que apesar das turbulências dos nossos dias, a obra missionária continua avançando no Pará. “Missões é um assunto de grande repercussão bíblica, uma atividade extremamente contagiante que envolve todas as lideranças e as respectivas igrejas locais, por isso, só podemos pensar em missões como um tempo especial de grandes realizações! “ (RGF).

  1. Missões é tempo de avançar espalhando as Boas Novas de Salvação a todos os perdidos.

A mensagem de Missões Estaduais é a mensagem pregada por Jesus Cristo ao mundo inteiro” (RGF). Boas novas de salvação. Jesus disse: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc.16.15). A Bíblia diz: “Deus amou o mundo…” (Jo.3.16). Não tem como falar em missões sem conectar ao evangelho verdadeiro. O Senhor Jesus deixou instruções de que o seu evangelho é para ser vivido, pregado e ensinado, no caso de Missões Estaduais, em todos os rincões do Estado. “Quanto mais pregamos o Evangelho, mais chance de ocorrer salvação de perdidos e de alimentar as almas famintas com a paz e a esperança de vida eterna! ” (RGF).

  1. Missões é tempo de avançar rompendo barreiras, quebrando paradigmas e superando limites.

“Meus irmãos, devemos não somente crer, mas, compreender e praticar essa proposição transformacional deste tópico com o objetivo de melhorar o mundo e as pessoas” (RGF). Este é o desejo do Senhor Jesus em seus ensinamentos, conforme podemos observar no tema e divisa escolhidos para a campanha de Missões Estaduais deste ano de 2022, vejamos: Tema: “Tempo de avançar por mais trabalhadores no Pará. Divisa, Lucas 10.2 “E lhes fez a seguinte advertência: A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara”. Assim sendo, não basta apenas praticar missões, será necessário ter coragem de agir em face do entrincheiramento psicológico dos nossos dias, que gera muita ansiedade; combater o cerco mundano que sofremos, que gera fraqueza moral e encarar pela fé a cegueira espiritual deste tempo, que gera muita incredulidade. “Para suplantar tudo isso é preciso romper muitas barreiras, quebrar muitos paradigmas e superar muitos limites” (RGF).

  1. Missões é tempo de avançar em busca de grandes resultados.

Os grandes resultados são as vidas salvas por Cristo Jesus” (RGF). Está claro na bíblia que a igreja de Jesus tem ordens para avançar em termos missionários. O que falta, na verdade, são líderes e missionários dispostos a pagar o preço da evangelização dos perdidos. O Senhor Jesus exortou: “Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara”. Se precisarmos de mais clareza de que Jesus de fato mandou a sua igreja avançar, basta lermos João 20.21 “Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco! Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio”, e Mateus 28.18-20 “Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação dos séculos”. Não existe dúvida de que o povo de Deus está debaixo de um comando para fazer missões neste mundo, mas para que haja resultados devem-se trabalhar com os seguintes critérios: a) depender do poder de Deus para as suas ações missionárias; b) entender e aplicar o poder transformador do evangelho de Jesus Cristo na vida das pessoas; c) envidar esforços empáticos para que haja comprometimento de um número maior de pessoas envolvidas em missões; d) dar bom exemplo de uma vida de oração fervorosa cotidiana, sem cessar; e) trabalhar seriamente, com visível dedicação, totalmente focado na obra missionária, esperando no agir de Deus.

 

Conclusão

Estamos em tempo de Missões Estaduais, tempo em que o povo batista do Pará, povo histórico e cheio de fé, poderá aproveitar para realizar grandes cosias para o nosso Deus. “O povo Batista professa que missões nasceu no coração de Deus; afirma que o primeiro missionário foi o próprio Filho de Deus; compartilha que todo batista é um missionário e que todos os envolvidos em missões são potencialmente um cristão mais do que vencedor” (RGF).

Como tem sido feito em todos os anos, a Cobapa disponibiliza o material da campanha e dispõe-se a dar suporte, da sede e das regionais, a todas as igrejas que solicitarem com o objetivo de que o trabalho seja feito e os resultados sejam alcançados como planejado para a gloria de Deus. Aproveitamos a oportunidade para agradecer pelas orações, confiança e apoio ao trabalho convencional, Mais de Cristo no Pará.

Views All Time
Views All Time
130
Views Today
Views Today
1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.